quinta-feira, 17 de março de 2011

O Japão e a cabeça do dragão

Na segunda-feira fiz uma postagem sobre o terremoto/tsunami que sacrificou e sacrifica o Japão, e advertia, sem querer ser alarmista, que o pior ainda estava por vir. Hoje, nesta, pretendo continuar com esse tema.  

O Japão, praticamente arrasado no pós-guerra, em cinco décadas tornou-se um dos países mais ricos do mundo, mas hoje enfrenta uma de suas maiores tragédias: não apenas sofreu um grande abalo sísmico, seguido de um destruidor tsunami que arrasou algumas cidades, como também está sob ameaça de uma catástrofe nuclear. Sua situação não só comove o mundo, como também assusta...

O símbolo do Japão é o Monte Fuji, um vulcão, e da China o dragão. Mas, já observaram que o mapa do Japão se assemelha a um dragãozinho? E sobre vulcões e dragões o que sabemos é que explodem e expelem fogo.
 
Curiosamente, é na região da cabeça do dragão (figura mitológica) onde ocorre um tipo de reação (NUCLEAR?) que lhe permite expelir fogo pela boca e ventas. E, talvez por ironia, é na "cabeça" do dragão japonês (mapa) onde estão ocorrendo as explosões nos reatores nucleares. 

Os dragões, se existiram, já desapareceram. Que o deus dos dragões proteja este último, já que o homem não o pode proteger.

2 comentários:

Sirlene C. Costa disse...

Sinto muito o que está acontecendo com o Japão. Nação nobre, dígna e corajosa. Que Deus ampare e fortaleça todos os japoneses.
Gostei muito de seu blog, por isso estou seguindo. Conheça o meu também:http://bibliotecainfantilgrandesautores.blogspot.com e dê sua opinião e sugestões. Ficarei muito feliz!
Parabéns!

Franz disse...

Oi, Sirlene. Obrighado pela visita. Visitarei seu blog com muito gosto.
Franz

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum