quarta-feira, 30 de março de 2011

Atrativos da escola e o retorno às aulas

As aulas na rede estadual paraense devem começar no próximo dia 04 de abril. Para receber os alunos algumas escolas estaduais estão sendo reformadas. 

Há escolas com novas e modernas instalações, como bibliotecas (inclusive com terminais de computador e internet), salas de multimeios que são verdadeiros cinemas (a do Augusto Meira tem capacidade para 60 pessoas) etc.

De todas as escolas reformadas saem os ventiladores de teto e entram os Splint, saem as desconfortáveis e todas riscadas carteiras de madeira, e entram as modernas e confortáveis carteiras escolares da empresa paulista Maqmóveis (www.maqmoveis.com.br), como as da figura a seguir. Essas novas carteiras são em aço carbono, pintura epoxi e tampo revestido de melanina.



São duráveis, resistentes e bonitas. Tenho certeza que os alunos se sentirão satisfeitos e valorizados quando entrarem nas novas salas, sentarem-se nas novas carteiras. Podem até sentir o salutar orgulho de estudar nessa escola que, agora, não perde nada para as particulares. 

Mas também tenho certeza que haverá um espírito de porco, ou porco de espírito,  que pensará em "tirar o selo" e riscará as novas carteiras ou escreverá com corretivo alguma coisa estúpida. Me constrange pensar que  sempre há um  (geralmente muito mais que um) imbecil que acha bonito pichar carteiras e paredes da sua escola. Esse aleijado mental, que não tem respeito pelo  outro nem pelo bem comum,  é o mesmo que picha prédios e monumentos, que emporcalha as ruas com lixo urbano e que torna essa Belém tão depreciada por conta da sujeira.

A escola pública tenta, cada vez mais, seduzir o estudante com atrativos físicos e materiais. Só falta pagar ao estudante para que ele simplesmente cumpra o que é sua obrigação: estudar e ser um cidadão melhor. Entretanto, ao que parece, não está conseguindo nem uma coisa nem outra. E daqui a um ano  a escola  terá que receberá novos atrativos. Acho que é hora das políticas públicas em educação se voltarem para os pais: em vez de melhorar as escolas, melhore-se as casas onde eles moram, dê-lhes a dignidade de  poder acompanhar e cobrar as tarefas escolares de seus filhos. Assim, ensinarão seus filhos manter a escola limpa e conservar a carteira escolar em perfeitas condições. Essas pequenas ações, que repetida aos milhares, ajudará a transformar a cidade e o país num lugar melhor de se estudar e se viver. Podem crer!  


3 comentários:

Edna Gualberto disse...

A escola pública Augusto Meira já possui atrativos tanto para os alunos quanto professores, mas o que falta na verdade é motivação e comprometimento do professor e do aluno. Podemos ter uma bela escola, um excelente projeto inovador de Leitura, Escrita e o Combate à Violência, de caráter interdisciplinar, mas não temos pessoas que verdadeiramente queiram mudar a educação pública: parece que isso é bom para a porca política do país na área social. E nossos colegas professores corroboram para essa triste realidade!

Prof. Adinalzir disse...

Acredito que essa é a realidade da maioria das escolas de nosso país. Aqui no Rio de Janeiro é a mesma coisa, temos ar-condicionados nas salas de aula, computadores, escolas novas, com muitas delas reformadas. Mas ainda falta muito compromisso por parte dos governos com seus planos e promessas mirabolantes, dos professores, dos país e da família, que na maioria das vezes, não dá educação aos seus próprios filhos. Mesmo com todos esses atrativos, existe a falta de manutenção. Infelizmente, isso acontece aqui e pode também acontecer aí. Infelizmente, é o velho jargão de sempre, do uso da educação pela política. Abraços!

Franz disse...

OI, Edna e Adinalzir.
É realmente uma tristeza esse quadro educacional. O que o aluno faz na escola, a maneira como trata sua escola, e o patrimônio público, reflete-se nas suas notas (ou vice-versa?). E a educação pública brasileira desce ladeira abaixo.
É como canta Moraes Moreira "Lá vem o Brasil descendo a ladeira".

Obrigado pela visita e comentarios.
Franz

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum