quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

O QUE É EGO DE BLOGUEIRO?

Caro leitor, a postagem a seguir foi uma mensagem que enviei para o Grupo Blogs Educativos em janeiro passado, em resposta a outra enviada pelo meu amigo Fernandão, do Blog Bloguetando Educação.

Fernandão fez uma postagem com o título "DESISTO! Blogueiro sem Ego tem mais que sair correndo", e se queixava de não receber comentários naquilo que postava, e assim decidira acabar com o blog. Se foi uma artimanha dele para atrair leitores ou um desabafo da natural frustração que acomete o autor não lido eu não sei, o fato é que o danado recebeu um bocado de comentários (acho até que ecebeu mais num único post que em todo o blog - Rsss..). Mas o fato é que ele decidiu continuar entre nos, e ficamos satisfeitos com isso. É isso ai, Fernandão. Bola pra frente! Ou melhor: Blog pra frente!

Minha Mensagem:
Seguinte: desistir do blog porque poucas pessoas acessam seu blog não me parece uma atitude de blogueiro. Blogueiro não é só o cara quem tem um blog, mas o que visita e que LÊ e que ESCREVE num blog.
Penso que há blogs em que o proprietário sente grande necessidade de escrever, registrar, refletir (postar). E por se sentir bem com isso, por gostar do que escreveu, não se incomoda se vai ser lido por 1 ou 1000 pessoas. É como cantar no chuveiro: pode ser que ninguém aprecie teu canto, mas o cantar te lava a alma, te deixa contente, feliz. Escrever é um impulso incontido que nos dá prazer.
Por isso, penso que escrever pode ser mais importante que ser lido. Escrever é se revelar, expor o EU, e ser lido é permitir que o outro conheça seus pensamentos, suas nóias, suas preferências e temores, seus amados e seus desafetos, suas ambições. Ser lido é ter suas idéias reconhecidas, debatidas e nem sempre aceitas pelo grupo. Mas ser lido é, essencialmente, se fazer ouvir, nem que seja você próprio o ouvinte.
Há tanta gente que engavetada seus escritos, não é? Para elas é mais importante escrever que ser lida. Escrever deve ser como se desnudar para tomar banho, ou seja, um ato íntimo, uma questão de 'higiene' para a mente, e para o corpo. Mas se a pessoa escreve um blog com pretenções de ser escritor então receber comentários, ter milhões de acessos, ser lido, é fundamental.
Há muitos blogs com zilhões de leitores, mas que você visita para ver e não para ler. Por exemplo, blogs sobre sexo: não há nada para se ler! Outros blogs, contudo, tem conteúdo feito de apostilas, tutoriais, dicas e informações técnicas. Seus visitantes nem sempre são leitores interessados nas idéias e reflexões do blogueiro.
É claro que há prazer em ser lido, mas (no meu caso) há muito prazer em escrever. E ser lido ou não e' algo que não me tira a satisfação de escrever, de ler o que escrevi e de postar, para que um dia alguém possa ler.
Desta chuvosa Belém

6 comentários:

Claudia disse...

Momento de massagem no ego: eu leio teu blog, viu! rsrs
E acho MUITO BOM mesmo!
Nem sempre comento porque também leio outros, e preciso postar!

Cristiane disse...

Esta sua postagem, tbm me fez ter um pouco mais de paciência com minha navegação a Vela, e entrar no seu espaço para deixar um Olá...
Acompanho suas reflexões por um agregador, leio quase tudo, estaria mentido se escrevesse tudo, então é quase mesmo, mas não me lembro de nenhuma vez em que tenha deixado um comentário para vc no seu blog... mas lembro de muitas vezes em que suas postagens deixaram muitas idéias e pensamentos fervilhando em minha mente, uma das mais recentes em que vc escreve sobre a matemática e cita o autor Ubiratam Dambrosio, essa me fez lembrar de uma vontade incrível de fazer uma nova licenciatura em matemática, e tbm como foi a minha matemática escolar e caseira, caseira sim pq meu Pai um homem humilde me ensina as contas da maneira dele mas com muito significado...foi através de vc e e de seu espaço que soubre sobre o dia do Blog 3108, lembra...também fiquei sabendo um pouco sobre tecnologia, últimas notícias e eventos da área, sobre a sociedade, sobre um ser humano inquieto, curioso e digno a tal ponto que compartilha conosco suas idéias e sentimentos..
Talvez eu demore a voltar, mas estou sempre de olho.
Um abraço

Alexandre R Soares disse...

Gostei de tua reflexão, Franz
Sobre receber ou não receber comentários, sobre ser lido ou não ser lido, ser visto ou não ser visto,... fez me lembrar de uma frase de Villa-Lobos transcrita em cédula (Nem lembro direito. Eram em notas de 5000 cruzados?): "Considero minhas obras como cartas que escrevi à posteridade, sem esperar resposta"

Francisco A Silva disse...

Ola, realmente sua relfexão faz sentido. Outro dia uma amiga blogueira "excluiu" seu blog e eu sentindo falta dela, fiz contato por e-mail e disse que voltasse, muitas pessoas gostavam das idéias que postava. Agora tenho um texto mais consistente ainda para indicar.

Abraço.

Francisco A Silva disse...

Parabéns Franz.

Gostei muito de suas ideias.

abraço

Marciano Dias disse...

Muito bom seu Blog. Ótimo conteudo. Bem original. Caracteristica dos bons blogueiros é a originalidade.

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum