sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Dia do Folclore e a saudade

Hoje (22/08) comemora-se no Brasil o Dia do Folclore, e me lembrei do dia em que participei do Concurso Folclore Amazônico, promovido pela Academia Paraense de Letras, e tive meu trabalho "Painel de Lendas e Mitos da Amazônia" premiado (1º lugar) com a publicação.

No dia da premiação uma elegante senhora chegou-se a mim e se apresentou como Maria Brígido, Presidente da Comissão Paraense de Folclore, e me fez um dos mais honrosos convites que já recebi:ingressar na Comissão. Era o ano de 1993, e na ocasião entrava também um jornalista e escritor paraense que se tornaria um dos meus mais diletos amigos: Walcyr Monteiro, autor de Visagens e Assombrações de Belém e de Histórias do Caboclo do Pará.

Os novos e antigos membros da CPF, ligados por ideal de espírito e de mente, logo constituíram uma sólida fraternidade. Tínhamos agradabilíssimas reuniões semanais no apartamento da Maria Brígido, na esquina da 14 de Março com Avenida Nazaré, onde pontuavam a careca lustrosa e intelectual do Acyr Castro, a profundidade do Dr. Guaraciaba da Gama, a sapiência antropológica de Anailza Vergolino, a elegância e doçura do maestro Adelermo Matos, o humor do meu mui querido Dr. Maurício Queima Coelho de Souza, a voz personalissima do estimado radialista Sandro Vale, a fala mansa e tranquila do tesoureiro Pedro Rocha, dentre outros. 

A Amazônia tem muitos rios, mas em todo mundo corre o rio do tempo, que não pára. Assim, a antiga Comissão Paraense de Folclore-CPF é o atualCentro Paraense de Estudos do Folclore , e alguns desses companheiros já não se encontram nesse plano de existência. Por isso hoje, Dia Nacional do Folclore, eu gostaria de fazer desta postagem uma breve homenagem à memória dos companheiros que contribuíram para a pesquisa e a divulgação do folclore paraense, e que deixaram saudades, como nossa querida ex-presidente MARIA BRÍGIDO, batizada carinhosamente pelo Maurício de "a Papisa", Maestro ADELERMO MATOS e o carismático MAURÍCIO QUEIMA COELHO DE SOUZA. A eles meu muito obrigado.

Na foto, tirada no dia do lançamento de meu livro na Academia Paraense de Letras (1994) aparecem os três amigos citados aqui: à minha direita Maria Brígido, seguida pelo Mauricio e, como sempre de terno, o maestro Adelermo.
Na foto acima, capa (desenho do autor) da edição impressa em 1994.

7 comentários:

Clientela disse...

Olá, Franz, gostei deste post. Aqui na escola, teremos um evento cujo tema será "As riquezas da Amazônia" e a S.I. também será utilizada para os alunos pesquisarem sobre essa temática, juntamente com a biblioteca. Vi a capa de seu livro e acredito que ele seria bem-vindo nesse momento. Como posso adquiri-lo?

Juliana disse...

Olá, gostaria muito de conhecer mais o centro de Folclore e as pessoas que participam. Onde se localiza o centro, se há material para pesquisadores e como podemos ingressar, se é que é aberto a novos integrantes. Sou historiadora e realizo pesquisas sobre o patrimônio cultural na cidade de Belém.

nelson disse...

Oi Franz
Sou Filho do Mauricio. Obrigado pela carinhosa homenagem
NELSON

Franz disse...

Oi, Nelson. Muito obrigado pela visita. O Centro Paraense de Estudo do Folclore deve lembrar mais vezes dos ex-sócios e fazer uma homenagem mais significativa, infelizmente não temos mais as mesmas condições de local e tempo da época da Brígido.
Lembro-me de seu pai como um sujeito extraordinário, um intelectual com uma alegria e sagacidade surpreendentes. Gostava muito de conversar com ele.
Dê lembranças á sua irmã.

Rudy Paiva disse...

Oi,
O seu "post" e muito interessate. Gostaria muito de saber se a folclorista Maria brigida e a mesma senhora que tinha um program de radio em belem nos anos 60. Eu acho que ela foi minha professora de folclore. Muito obrigado. Um abraco desde Nova Jersey, USA.
Rodolfo Valente de Andrade Paiva
mrpaiva04@yahoo.com

Franz disse...

Oi Rudy, obrigado pela visita.
Sim, creio que seja a mesma pessoa. Nossa "Papisa" era uma ativa defensora e divulgadora de nosso folclore, e deixou muitas saudades.
Volte sempre. Franz

Anônimo disse...

parabens pelo blog...
Na musica country VIRGINIA DE MAURO a LULLY de BETO CARRERO vem fazendo o maior sucesso com seu CD MUNDO ENCANTADO em homenagem ao Parque Temático BETO CARRERO WORLD em PENHA/SC. Asssistam no YOUTUBE sessão TRAPINHASTUBE, musicas como: CAVALEIRO DA VITÓRIA, MEU PADRINHO BETO CARRERO, ENTRE OUTRAS...
VIRGINIA DE MAURO a LULLY é o sonho eterno de BETO CARRERO e a mão de DEUS.

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum