sexta-feira, 3 de abril de 2009

Aquarelas na Caixa de Pandora


A Web é mesmo uma caixa de Pandora: sempre cheia de surpresas!
A caixa mágica era onde Pandora guardava suas recordações, suas lembranças, e a jovem deusa a ela recorria sempre que queria recordar-se de um fato (o outro lado da história de Pandora fica por conta de sua curiosidade e pesquisa).
Mas essa analogia é porque não canso de me surpreender com a capacidade de encontrarmos coisas, informações ou pessoas neste mar caótico que é a rede mundial de computadores. Tal como Pandora, recorremos a Web não somente para guardar nossos arquivos pessoais como também para nos lembrar de algum evento, de uma informação ou dado já esquecido, pesquisar sobre alguém etc.
Mas nesta postagem quero falar de uma grata surpresa que encontrei na Web. Ontem, visitando o Blog do Haroldo Baleixe (clique AQUI para ver) encontrei um link para o blog de um velho amigo, o qual não via há uns bons 6 ou 7 anos, ou mais. Trata-se do Mário Barata II, arquiteto, professor e grande aquarelista pareense, atualmente residindo fora do Pará.
Naveguei pelo seu blog (clique AQUI para ir) com grande satisfação, tomando ciência de suas novas produções e dos caminhos pelas trilhas deixadas por seus pincéis e tintas, no Brasil e no exterior, me lembrando de suas revistas MERD (uma brincadeira com a consagrada MAD), que ele desenhava a Nanquim e xerocava, e a gente comprava só pra rir das gozações feitas com nossos professores, como o Neder Charone e o Prof. Salomão MUfarrej. Isso quando estudávamos Arquitetura, no antigo CESEP (atual UNAMA), nos idos de 1982/3). O MERD também aprontava com o reitor, o prof. Edson Franco, com a estrutura da Faculdade, do curso e com o que mais sua criatividade e inteligência apontasse. Dessas revistas guardo algumas, que qualquer dia faço uma postagem sobre isso.
Mas, guardo com especial carinho nesta minha caixa de Pandora, um presente do Mário, seu primeiro e, talvez, único quadro a óleo, o qual chamo de "O anjo", por motivos óbvios (confira na ilustração). Nessa postagem quero fazer uma homenagem ao talento desse artista paraense que eleva o nome das artes paraenses, e honra-me com sua amizade.

5 comentários:

Claudia disse...

PERALÁ! Você fez arquitetura no CESEP? Quando vc estudou lá? Meu marido fez arquitetura também na década de 80... O MERD, na época tava com o Mareco, Robertino... o Mário, acho, estava no fim do curso...

Franz Kreuther Pereira disse...

Oi, Claudia. Sim, fiz arquitetura no CESEP, em 1982/3, mas abandonei no 2º ano. Não me lembro de nomes (minha memória...) além da minha amiga Angela Lobato, do "Amendoim", do Júlio. Ah! tinha uma das Maioranas (que raramente aparecia)e tinha um que era daltônico, como eu.
Do MERD tenho apenas os nº 3 e 4, e o nº1 do PINEL (do Ivo e Mauro).

Suzana Gutierrez disse...

Oi Franz

Comentario off topic :)
Notei uma coisa: teu blog só mostra a data de postagem se entrarmos no link permanente. Seria interessante ver isso na configuração do "modelo".
Quem sabe adicionar embaixo da postagem junto ao link dos comentários?

Uma hora destas vai fazer falta estas datas :)

bjsss

Franz Kreuther Pereira disse...

OI, Suzana! Obrigado pela visita e comentário. De fato desabilitei a exibição da data. Acontece que muitas vezes não tenho tempo para postagens frequentes e passo até uma semana ou pouco mais sem novidades no blog, e sem a data isso não fica tão evidente, não é? Heheheee.... Mas porque vc. acha que essas datas farão falta? Fiquei curioso. Bjs.

Anônimo disse...

Genial brief and this enter helped me alot in my college assignement. Gratefulness you as your information.

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum