domingo, 26 de dezembro de 2010

Então, foi Natal

Então, foi o Natal. 

Foi do verbo ir. Ir-se; findar-se; c'est fini. La fiesta appena cominciata è già finita. A festa do Natal é boa porque, como toda boa festa, acaba sempre no melhor. E, quase sempre, deixando aquela vontade de fazer com que a próxima seja melhor ainda.

Foi-se o Natal. Foi-se pra ser o que é e tem sido há quase dois milênios: expectativa. Expectativa de uma sociedade melhor, uma Terra de Harmonia, Paz, Saúde e Prosperidade. Eis, pois, que o Homem vive de expectativas, posto que a esperança é a última que se vai.

Acho que um estado de permanente Natal parece ser impossível ao humano ser. Pelo menos enquanto existir o Ego como regente das ações humanas. No entanto Natal é a libertação desse domínio. Porém, é extremamente difícil impedir o Ego de comandar nossos atos. Eis porque o exemplo do Cristo é tão fácil de ser falado e tão difícil de ser seguido. 

E, então, foi Natal. Que venha o Ano Novo. E tudo começar. De novo e de novo. Rodando na roda de Samsara.  

Desejo a todos os que já caminharam por Esta Rua que é Meu Blog que em 2011 possamos aprender a nos libertar de nosso Ego e enxergar no próximo nosso outro Eu. 

Crédito: Imagem obtida na URL http://dharmatrix.blogspot.com/ 

2 comentários:

Prof. Adinalzir disse...

Parabéns, Franz! A sensibilidade do seu texto nos leva a refletir melhor sobre o dia de Natal. Que essa data tenha sido a mais feliz de todas para você e sua família.
Cordiais saudações e um ótimo 2011!

Franz disse...

Obrigado,Adinalzir. Que 2011 seja pleno de visitas, postagens e comentários em nossos blogs, e de realizações em nossas vidas.

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum