terça-feira, 11 de agosto de 2009

Poesia Matemática

Quem ainda não conhece a famosa Poesia Matemática, de Millôr Fernandes, esse nosso consagrado jornalista, escritor e humorista? Gente de todas as áreas, não apenas da Matemática e Portugês, já usaram de alguma forma os versos dessa obra antológica que, segundo o próprio autor, foi feita como uma brincadeira.

Como poema, já foi recitado por atores como Paulo Autran (que segundo Millôr a recitava muito mal), já apareceu na nternet e em diversos lugares. Acho que até já virou animação. Eu a usei durante vários anos em minhas aulas de Matemática para o Ensino Fundamental e de Metodologia da Matemática, nos Cursos de Formação de Profssores.

Hoje, encontrei um livrinho que traz uma nova roupagem para essa magistral poesia, rica da criatividade e humor que caracterizam os trabalhos de Millôr Fernandes.

O livrinho foi publicado recentemente (2009), pela editora Desiderata, com 29 folhas e ilustrações (excelentes) da Mariana Newlands. Vale a pena você comprar. Mas não seja egoísta e guarde só pra você. Empreste para um amigo, dê pro filhote ler, use como um objeto de aprendizagem(OA) com seus estudantes de Matemática, Portugês, Artes, Filosofia etc.

5 comentários:

matematica-na-veia disse...

Excelente dica de leitura! Parabéns pelo conteúdo de ótima qualidade disponibilizado no seu blog.

Prof. Adinalzir disse...

Caro Franz

Realmente parece ser um livro bem interessante. Valeu pela dica!

Abraços aqui deste Rio de Janeiro com frente fria.

LITERAGINDO disse...

Franz,
Adoro as dicas de livros sobre matemática, a fim de ajudar a desconstruir alguns mitos e despertar o desejo de aprender mais sobre as lógicas.
Abraços!
Maria do Rocio

Fernandão disse...

Caro Franz...
Matematicamente é impossível se chegar a alguma solução sem que se some poesia com humor.

Marli disse...

Oi Franz!
Como vai? por aqui em estado de alerta máximo. Retornando às aulas com preocupação! Gosto dessa poesia. A Matemática poderia usar de mais poesia e literatura para ser melhor aceita. Luis Fernando Veríssimo escreveu um conto excelente, em que lembra das histórias matemáticas, que instigavam a sua imaginação. Abraço!

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum