segunda-feira, 28 de julho de 2008

Não peço mais luz, mas olhos para ver a que já existe.

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras. Será mesmo? Eu creio que sim. Mas acredito, também, que a cada dia vamos ficando mais e mais surdos a esse discurso visual. As imagens de pessoas mortas em sangrentos crimes ou de corpos dilacerados em acidentes, ou catástrofes, já não causam o mesmo impacto que causavam há algumas décadas. Estamos nos tornando criaturas mais centradas em nossos interesses pessoais, mais egoístas, mais insensíveis ao sofrimento alheio.

Por isso acho, sinceramente, que o nervo ótico está mais ligado ao coração e que ao cérebro. Não dizem que o que o olho não vê o coração não sente? Olhar e não refletir sobre o que vê é não ver. A reflexão é um estágio preparatório para a meditação, e a meditação é o ato ou processo mais profundo e frutificante da mente do homem, capaz de projetar seu espírito para níveis próximos da divindade.

Ah, e os outros sentidos? Estes sim estão ligados ao cérebro. Por exemplo: a informação que é dita e ouvida exige atenção e raciocínio para seu entendimento e compreensão, e isso é competência do cérebro. A razão está no cérebro e a emoção no plexo cárdico.

Sabemos que pelos olhos nos chegam muito mais dados que pelos ouvidos, mas estamos perdendo a capacidade de ver, porque não refletimos sobre as mensagens das imagens que nos rodeiam ou que a mídia nos apresenta. Elas podem, momentaneamente, incomodar um pouco, mas logo estão esquecidas. Vemos sem nos comover.

Comover significa mover muito, agitar; mas esse verbo também pode significar incitar, impelir, enternecer(ou compadecer-se do sofrimento alheio). As imagens, e seu discurso de mais de mil palavras, já não suscitam a compaixão nem incitam a humanidade a mover-se em direção às mudanças e melhorias. Se é certo que uma imagem vale milhares de palavras, temos visto imagens que se transformadas em verbo seriam maiores que os famosos discursos de Fidel Castro. Contudo, todo esse discurso visual não tem servido para melhorar a vida na Terra.

Então me pergunto: existirá uma imagem suficientemente poderosa, clara, forte e capaz de representar o quanto a ambição e a politicalha humana estão tornando esse mundo insuportável? Qual imagem é suficientemente explícita para mostrar que o barco da humanidade navega rumo ao abismo e que é necessário mudar de curso, ou de capitão?

Nenhum comentário:

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum