segunda-feira, 15 de junho de 2009

Que lugar te faz sentir em casa?

Essa postagem faz parte da "TERTÚLIA VIRTUAL", uma central de relacionamentos criada por Jorge Pinheiro (Expresso da Linha) e Eduardo P.L. ( Varal de Idéias), e que todo dia 15 de cada mês reune as postagens de todos que se inscreveram. Cada mês o tema é diferente, neste junho é:
"QUE LUGAR TE FAZ SENTIR EM CASA"?
A casa de um homem é seu castelo, já dizia o inglês Edward Coke no séc. 17. Casa, "home sweet home", lar, abrigo. Onde mais alguém pode se sentir seguro e protegido que não seja em sua casa? Domus sua cuique est tutissimum refugim (A casa de alguém é seu último refúgio), até mesmo para um extraterrestre: "ET fone home...". Portanto, a pergunta deste mês é magistral.
Nossos ancestrais viviam em cavernas, e qualquer buraco na rocha grande o suficiente para caber a família, era sua morada. Ainda hoje, em alguns cantos do mundo, há pessoas que vivem em cavernas, (a imagem ao lado é de um famoso hotel na Capadócia, Turquia).
Uma caverna é um simples e passageiro abrigo, mas também pode ser um lar. Para que um abrigo seja um lar ele deve ser mais que um refúgio, deve ser um 'lugar amigo', deve transmitir aquela sensação de proteção e tranquilidade, de conforto e de acolhimento, enfim, de bem estar.
Para ser um lugar que te faça sentir 'em casa' não basta ser o lugar onde você repousa a cabeça e descansa o corpo. Isso se faz em qualquer local. Na década de 1970 acampei em diversos cantos do Estado do Rio, de praias e ilhas às serras e matas. Em alguns me sentia como em casa porque estava com meu pai e com seu e meu grande amigo, Ney Alberto. Para mim eles tornavam aquele local muitas vezes agreste num lugar amigo.
Um lar é um lugar amigo, é onde nos sentimos seguros e colocamos em ordem nosso caos interior, nos equilibramos, achamos nosso centro e nos tornamos produtivos; onde podemos refletir, soltar a mente, voar com asas da imaginação para os campos da esperança, divagar, crer no possível e mesmo delirar... Mas para mim essas sensações e sentimentos não estão nos tijolos, paredes, telhas, tapetes ou no concreto, aço e vidro das modernas construções, estão nas pessoas que dão alma e calor ao lugar. Minha casa é o lugar onde me encontro e onde encontro motivação para explorar o mundo. É onde me recarrego de energias para enfrentar tudo que estiver fora. O lugar que me faz sentir como que em casa é qualquer um onde eu estiver em paz. Esse lugar é o colo da minha mulher.

15 comentários:

Georgia disse...

Lindo! Sua esposa deve estar orgulhosa de você.

Eduardo P.L disse...

Lindo. O colo da esposa! Poetico e honesto! Não há lugar melhor!

Obrigado por participar!

Paula disse...

O colo da esposa...
Muito bonito! Gostei!
Parabéns

Daniel und die Delphine disse...

A casa da gente é o melhor lugar.

Nely disse...

Escolheu um lugar maravilhoso, parabéns.
Colinho é sempre bommmmmm!
Um abraço.

Serena Flor disse...

Uau...que lindo!
Sua esposa deve estar com um lindo e largo sorriso...rs.
Bonita participação e belo texto!
Parabéns!

Raquel disse...

Sua esposa deve ser muito feliz por ter alguém sensível assim ao lado dela! Adorei!!
O amor acima de tudo!!

Xêro
Raquel

Chica disse...

Muito bom esse colinho amigo e confortador.Tri legal!abraços,tudo de bom,chica

expressodalinha disse...

O colo é uma metáfora bonita. Cá para mim, que sou mais bruto, é a esposa toda.

Nade disse...

Que frases, que história e quanto amor, heim!
Beijo grande e parabéns pela bela participação na Tertúlia Virtual
Orgulho de Ser

Blog do Beagle disse...

Que bonitinho! Garoto mimado e feliz. Parabéns pela postagem. Elza

Claudia disse...

Franz
Amanhã, auditório do 2° andar da UNAMA BR às 20 horas (Santa Brígida) e 21 horas (Pedro Loureiro).

Claudia disse...

Postado sobre o concurso no http://marcosdotempo.blogspot.com/2009/06/concurso-de-blogs-educativos.html
Sucesso sempre, Franz!

Compondo o olhar ... disse...

desculpe o atraso, mas estava impossibilitada por causa de uma cirurgia. agora já estou bem e retornei.

parabéns, pela sua participação em mais esta intrigante tertulia.

bjocas

Jenny Horta disse...

Que bacana!! Nos remete a outra música do Gil...o melhor lugar do mundo é aqui e agora, quando estamos com quem amamos, né?

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum