quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

A DIFERENÇA ENTRE O GIRAR, O CLICAR E O DESLIZAR

O que você  vai ler a seguir são excertos. 
Para ler o texto na íntegra clique no ícone da barra lateral igual ao que aparece abaixo. 

A DIFERENÇA ENTRE O GIRAR, O CLICAR E O DESLIZAR


Antigamente, poucas coisas fazíamos funcionar usando apenas um dedo ou dois: apertar o botão da campainha ou o botão de chamar o elevador é um bom exemplo. Também podemos incluir aí fazer funcionar o gravador de rolo ou de fita K-7, “tirar“ uma foto ou discar um número de telefone. Isso sem falar do trabalhoso ato de escrever com as velhas Olivetti ou Remington (coisa que algumas pessoas conseguiam fazer usando apenas e tão somente dois dedos).  Ah, e com um dedo também se pedia silêncio! Mas isso, quase sempre, era acompanhado de um sonoro Psssssssiiiu!!...
(...)

Do binário ao quântico

Antigamente as leis da física newtoniana estabeleciam a verdade do sistema, e o pensamento considerava a matéria dimensionada, definida como uma partícula. No passado o pensamento cartesiano era o modelo para o método científico. Então veio a nova física e nos apresentou o estado quântico, onde a realidade não é mais uma via com uma direção e dois sentidos, como uma estrada de duas mãos, mas de infinitas possibilidades. A realidade atual exige que nosso cérebro construa ou compreenda inter-relações que antes não existiam, abandonando a certeza em detrimento das possibilidades. Deve deixar de se comportar como partícula para ser como onda.
(...) 


 A sociedade digital em botão 

A modernidade começa com a hegemonia ou onipresença dos botões, coisa que, como se sabe, aconteceu no século XX com o advento do capitalismo e a exaltação ao consumismo. Também já vimos que é cada vez maior o número de usuários da telefonia celular; isso sem falar do crescimento das vendas de computador pessoal (desktop, notebook, laptop, tablet, ultrabook). E não esqueçamos da TV, presente em 95,1% dos domicílios brasileiros e dos aparelhos de som e vídeo, dos micro system e consoles de videogames.
 (...)

O girar, o clicar e o deslizar 

Nessa perspectiva é possível dizer que a tecnologia do século passado era linear e polarizada, isto é, a ação do sujeito sobre os objetos tecnológicos obedecia a uma sequência lógica, e acontecia invariavelmente entre dois polos. Por exemplo, os aparelhos tecnológicos do passado que usavam energia elétrica funcionavam com relés, disjuntores, chaves, válvulas e potenciômetros. Concorda que tais dispositivos, pelo que acabamos de expor, podem ser considerados binários? Então, tomemos como ilustração uma ação simples do cotidiano da maioria da população mundial: ligar o rádio. A gente ligava o aparelho girando um botão até ouvir um “clic” (como pode ver, já tínhamos o clicar naquela época), que indicava o estado de ligado/desligado. (...)

5 comentários:

Luiz Cidreira disse...

Fui lá no link indicado para ler na íntegra.
Gostei muito dessa publicação, isso tudo é curioso e interessante para quem gosta de acompanhar a evolução da cibernética e avanços científicos do mundo.
Parabenizo por compartilhar conosco.
Também compartilharemos esse seu link no Feed Turbo para uma maior abrangência.
Abraço

Irivan Rodrigues disse...

Olá educador, boa tarde!

Talvez eu esteja por aqui pela segunda vez trazendo um convite a você para fazer parte do Projeto Educadores Multiplicadores. O objetivo do projeto é unir e divulgar blogs de educadores.

Divulgue seu blog e promova a educação!

Faça parte da maior comunidade de blogs educativos do Brasil! Permita que outras pessoas conheçam este espaço e que ele fique mais conhecido entre os professores/educadores, alunos e escolas do Brasil e Portugal. É grátis!

Abraços, fiquemos na Paz de Deus e até breve.

Irivan Rodrigues

Franz Kreuther Pereira Pereira disse...

Oi, Lucidreira, velho companheiro deste blog. Muito obrigado pela visita e pelo interesse em compartilhar o texto. Forte abraço

Anônimo disse...

Hi, I check your blog on a regular basis. Your writing style is witty, keep
up the good work!

Here is my web site ... taswebe.net ()

Gibran de Souza disse...

Parabéns compadre pelo blog,é isso que me faz admira-lo.Sempre acreditei que você seria um grande educador,abraços.

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum