sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Boicotando a diretora pelo blog

Como informei na postagem anterior, hoje iniciei no Núcleo de Informática Educativa-NIED  mais uma oficina de criação de blogs educativos com professores de Sala de Informática-SI da rede municipal. A oficina  tem carga horária de 12h e será executada em 3 sextas-feiras consecutivas, com 2 turmas (manhã e tarde). Tem por objetivo dar formação básica para a criação de blogs bem como reativar aqueles blogs de escolas da rede municipal que estejam abandonados ou desatualizados.

Para mim é difícil aceitar que um blog de escola permaneça sem, pelo menos, 2 postagens por semana. Há tanta coisa acontecendo de interesante no chão da escola... Contudo,  já vi muitas razões para que um blog de escola fique desatualizado, nomeadamente: falta de internet na escola; roubo de computadores da SI -acreditem, acontece com mais frequência do que se espera-; falta de tempo do professor responsável; falta de colaboração e parceria dos demais professores; falta de assunto (???!!); reforma na escola; o professor responsável foi transferido; o responsável esqueceu a senha e login... Mas hoje ouvi a mais estranha e absurda das justificativas. Aconteceu assim;

Uma certa professora que está na oficina me pediu para ajudá-la a fazer certas modificações no blog da escola, que por sinal ela mesma criou.  Quando olhei para o blog observei que sua última postagem estava datada de quase 3 meses... Então, perguntei-lhe qual a razão para blog estar tão desatualizado e, pasmem!, ela disse que era porque estava sendo perseguida pela direção da escola, ficou deprimida e não publicava nada no blog porque estava BOICOTANDO a diretora... Agora que estava tudo bem, queria retomar o blog.

Argumentei qualquer coisa, tipo: "Sim, até a próxima vez que a Sra. ache que a diretora está lhe perseguindo" ou "Mas o blog não é seu!" ou ... Sei lá o que mais eu disse! 
Ah! Quer saber se ajudei a fazer as alterações? Não! A aula terminou. Agora só na próxima sexta.

9 comentários:

Marcelo Carvalho disse...

Oi Franz,

Não defenderei a professora, mas seria bom se a SEMEC, a SEDUC e outras instituições fizessem uma campanha para esclarecer que assédio moral é crime.

Conheço mais de uma dezena de pessoas que desenvolveram problemas de saúde por terem sido vítimas de assédio moral no trabalho.

Sugestão: aprofunde o tema, faça uma postagem sobre o assédio moral no ambiente de trabalho.

E para não fugir da questão central: você tem razão, o blog pertence a escola e não a um indivíduo.

Acho que a experiência do NTE Belém é ilustrativa: todos os multiplicadores sabem a senha e todos tem a liberdade para publicar postagens. Esta é uma experiência democrática e que impedediria o boicote ao blog, como o caso comentado em seu texto.

Um abraço,

Marcelo Carvalho

Prof. Adinalzir disse...

O blog da minha escola também está desatualizado. Fui eu quem fiz, a minha maior dificuldade é a falta de apoio dos colegas e da própria diretora. Aqui é muito mais fácil conseguir colaboração dos alunos do que dos próprios professores. Êta, povinho complicado!

Um grande abraço aí para o amigo! :)

Niuza Eugênia do Amaral disse...

Bom dia Franz e colegas,
Vou dar um exemplo diferente para e parecido ao mesmo tempo.Diferente porque o blog que criei para a escola onde trabalho há 24 anos, não está desatualizado, nunca fica desatualizado, porém faço as postagens, divulgo e ninguém entra no blog, ou raramente entram no blog.E parecido no que se refere à atitude da diretora.Entrei para o estado em 1986, nomeada para dar aulas de francês pois o concurso que prestei foi para Francês Língua Estrangeira.Nem vou citar aqui os transtornos que passei, não caberia, para manter as aulas durante 15 anos.Paralelamente trabalhava com informática em escolas particulares-1994 quando iniciava a informática com o LOGO, nem existia o Windows nas escolas. Bem, houve uma campanha para eleição de diretores de 99 para 2000, e como fiz parte de uma chapa de oposição, o diretor eleito perseguiu a todos os professores da chapa de oposição.A primeira coisa que ele fez foi tirar o Francês que já não estava na grade da escola, funcionava como projeto de Centro de Línguas.Tentei pedir mudança de lotação de escola, não consegui porque nenhuma escola da rede pública oferecia mais o FLE.Tive que continuara na escola, e como já tinha experiência com informática em escolas particulares, pedi para entrar para trabalhar no laboratório de informática que ficava só fechado.O mínimo que este diretor fez no decorrer de dois anos, foi acusar os professores de roubo de peças dos computadores.Bem foi aí que ele cutucou uma caixa de marimbondos, pois eu era a responsável direta por este laboratório.A partir daí formamos um grupo (de 5 professores apenas, apesar de toda a escola estar insatisfeita com a gestão dele) que denunciou todas as atitudes de má fé e de outras coisas graves que ocorreram -desvio de verba-.Este diretor foi exonerado, e longo seria o narrar dos fatos aqui.A diretora que assumiu depois, sempre tentou me prejudicar, porque eu iniciei o processo contra o outro diretor que era parente dela, fato que descobri depois.Após terminar o meu mestrado insisti com esta diretora para dar oficina de blogs para os professores, porém como sou professora excedente, ela sempre me colocou para fazer outras coisas, como ficar na função de professora eventual.Não há na escola um só dia que não falte professor, então é impossível conciliar o funcionamento do Laboratório de Informática...
Infelizmente ainda é assim que as coisas acontecem.Os professores desta escola ainda são resistentes, nem abrem o blog que eu criei em 2008.Entrem para ver, voc~es encontrarão comentários de alguns poucos alunos.
Para o ano que vem estou um pouco mais otimista pois mudou a direção da escola.depois conto mais
Abraços
Niuza Eugênia

Niuza Eugênia do Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Niuza Eugênia do Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Niuza Eugênia do Amaral disse...

Franz, não sei o que aconteceu mas o comentário que fiz apareceu 3 vezes.Então exclui 2, pois era a mesma coisa.
Na verdade eu sei bem o que é perseguição de diretores, acredite, não é nada frutífero para nosso trabalho.Eu me esqueci de colocar o link do blog da escola, segue aí.Te digo que é frustante também não ter um só retorno para as postagens, mas eu insisto ainda assim.

http://leonrenault2008.blogspot.com

Um abraço,
"mineiramente"
Niuza

Franz disse...

Olá, Marcelo, Adinalzir e Miuza. Olha, pessoal, concordo com o Marcelo quanto a campanha contra o assédio moral. Acho que nas escolas onde se observa isso, deve-se fazer tal movimento. Como disse à professora da postagem, o blog é um instrumento de denúncias. De denúncia e não de ataque.
Ainda há muito que se fazer e se aprender a fazer, com essa ferramenta. Estamos no começo, pessoal, somos pioneiros, e os pioneiros é que preparam o caminho dos que virão. Eis porque tudo cai sobre nossos ombros já tão doridos e cansados.
Paraônicamente, Franz

Florzinha disse...

Que frase interessante, daria uma fala significativa na época que trabalhávamos com tema gerador,Pensei em Mário Quintana, ao dizer "Todos esses que aí estão
Atravancando meu caminho,Eles passarão...Eu passarinho!"Continuar voando, alto e sempre apesar do vento forte e da tempestade e dizer a todos do seu vôo, seria uma forma de "boicotar a diretora" se é que podemos assim dizer!

lemaposerra disse...

Oi Franz,

Tratando-se de blog, fiz umas mudanças no Sociologia... e mais.

Sua sugestão - importante pra mim - levou-me a mudar não somente a cor usada nos textos. Pode dar uma olhada? Agradeço.

Um abraço.
Léa

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum