domingo, 13 de junho de 2010

Sobre a Copa 2010

Este primeiro fim de semana da Copa 2010 já prenuncia como serão os próximos, até o fim da Copa do Mundo em meados de julho: os jogos da Copa rolando na TV, uma cerveja gelada na mão (ou uma dose de Campari on the rocks), uma porção de tremoços para tira-gosto e a expectativa de soltar o grito de gol quando o Brasil fizer gols. Enquanto isso, vamos torcendo pelas seleções africanas e por qualquer seleção que jogue contra a Argentina, afinal qual o brasileiro que não quer ver o Maradona pagar o mico de correr nu pela praça do obelisco(*). Na verdade, seria mais interessante se ele sentasse no obelisco, né?...

Dá gosto ver a alegria e a agitação do povo africano nesta Copa, principalmente durante os jogos de seleções africanas. Há uns torcedores dançado o tempo todo, outros não param de soprar naquelas cornetas chamadas vuvuzelas. Aliás, que zoada infernal que eles fazem! Eu não aguentaria assistir um jogo com aquele barulho infernal! Parece que já pensam em proibir vuvuzelas em campo. Deveriam era proibir que levassem garrafas de cerveja para o campo. Ontem, durante o jogo da Argentina e Nigéria,  apareceram no vídeo argentinos bebendo cerveja em garrafas, e hoje vi um torcedor da Argélia.

E por falar na Argentina, tenho me divertido bastante com os comerciais que sacaneiam os argentinos. Os da Skol são um barato, principalemente aquele das latinhas falantes  que diz "Maricon". É genial! E o da OI? Imagine todos os celulares no Brasil tocando o hino a seleção e o barulho rompendo as fronteira e indo acordar um casal lá na Argentina. É a genialidade de nossas agências de propaganda  aproveitando a velha rivalidade.

Neste momento estou torcendo para a seleção de Gana, que joga contra a Sérvia. Gana tem um excelente jogador chamado Abdul AYEW, que se pronuncia "AIEU". Por pouco, muito pouco, a gente poderia chamá-lo de "Vogais". De repente aparece no vídeo um torcedor de Gana com uma grande panela de barro equilibrada na cabeça. Será que está pagando promessa?  Acabou a cerveja. Vou abastecer e me preparar para assistir a estréia da Alemanha.

*- Maradona prometeu ficar nu no Obelisco, monumento histórico argentino, SE ganhar a Copa. E se perder fará o quê? Sentar no obelisco é uma boa opção. Hahahaha!...

3 comentários:

Max Martins disse...

Olá, professor!

Acho que seria melhor mesmo se o Maradona sentasse no obelisco...hehehe. Genial!!!

Um forte abraço aqui dos pampas

Franz disse...

Oi, amigo Max, obrigado pela visita. Vc se lembra de um personagem do programa Toma Lá Dá Cá (Globo), que fazia o marido da sínbdica? o bordão dele era: "Mara", uma expressão meio andrógina para "maravilhoso". Pois é, o MARAdona se acha "mara".
Garanto que, se por azar a Argentina ganhar a Copa -coisa que não vai acontecer porque Deus é brasileiro-, haverá um bando pelados junto como ele dando voltas no obelisco.
Forte abraço
fRANZ

Max Martins disse...

Lembro do personagem, professor!
Ainda bem que Deus é brasileiro mesmo. Não consigo e nem quero imaginar um bando de hermanos pelados, enrolados na bandeira da Argentina, fazendo a dança da vitória em volta do obelisco. E o "Mara" Dona peladão, sentado no monumento...hahaha. Lamentável.

Forte abraço!

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum