domingo, 30 de maio de 2010

Cenas de Ruas de Belém 2

E chegamos ao final do mês de  maio. No mês passado iniciei a série de postagens denominada "Cenas de Belém" (veja AQUI), que pretendo fazer sempre no último dia de cada mês. E conforme prometido,  aqui vão mais algumas cenas que me incomodaram ou simplesmente despertaram meu interesse neste mês que se finda.

Maio foi um mês de muitas chuvas, e para começar a postagem trago uma cena do início do mês, mas recorrente quando chove bastante (coisa "rara") nestas paragens belemitas.
As imagens acima mostram a situação da rua Pariquis, próximo ao canal, sempre que chove forte: ninguém sabe onde termina a rua e começa o canal ou vice-versa. Nem se vê a ponte. 

Ao lado e abaixo, demonstrações de falta de respeito às leis sociais, a ecologia; além de enorme falta de educação, falta de consciência cidadã, ignorância e incivilidade.

No bairro de Batista Campos, na Trv. Padre Eutíquio, entre Pariquis e Caripunas, fica uma fabriqueta de gelo. O proprietário se achou no direito de colocar seu caminhão baú sobre a calçada para carregar, empatando a passagem de pedestres.
Noutro ponto da cidade, no bairro da Pedreira, beirando um canal bem ao lado da Universidade de Amazônia - UNAMA, dois locais servem de lixão a céu aberto há vários anos. Muito embora a prefeitura recolha o lixo com regularidade, há sempre um porco de espírito para despejar ali seus entulhos e lixo doméstico.

E num grande supermercado...

Sem noção de higiêne, um jovem casal deixa seu cãozinho de estimação sobre a esteira de produtos, na hora de pagar a conta na caixa. Embora o animal esteja provavelmente limpo e sem pulgas, convenhamos que aquele não é o local apropriado para deixar um cachorrinho...
E para quem pensa que Belém é só chuva e calor, aqui  vão duas cenas da cidade  despertando em meio a neblina, tal como algumas cidades do Sul e Sudeste. E vocês ainda não viram neblina sobre o rio!
A foto foi tirada pouco depois das 7 horas, mas dá para perceber que o manto de neblina deve ter sido mais denso.  

3 comentários:

Bete disse...

Que horror.
Penso que há (ou deveria haver) alguma normatização proibindo a entrade de caes em supermecados e restaurante.
No minimo, é uma falta grave de bom senso e de higiene.
Abraços

Maria José disse...

Gostei muito sobre as críticas das ruas de Belém,nossa cidade é tão linda merece ser tratada com mais carinho.

Gustavo Garotti Scandiuzzi disse...

Olá amigos, vem aí a 2ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB). As inscrições acontecem de 1 de junho a 6 de agosto.
Se puder, nos ajude a Divulgar! =D
A Olimpíada, composta por cinco fases online e uma presencial, é destinada a estudantes do 8º e 9º anos do ensino fundamental e demais séries do ensino médio, de escolas públicas e privadas de todo o Brasil.
Para orientar a equipe, formada por três estudantes, é obrigatória a participação de um professor de história.
A Olimpíada começa no dia 19 de agosto, dia nacional do historiador, data que celebra o nascimento e o centenário da morte do jornalista e historiador Joaquim Nabuco.
A iniciativa é do Museu Exploratório de Ciências da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Em 2009, a ONHB inscreveu mais de 15 mil participantes e reuniu cerca de 2 mil pessoas na final presencial.
Mais informações acesse o site “www.mc.unicamp.br”

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum