terça-feira, 26 de outubro de 2010

Se Serra é do "bem", Dilma é do "mal"?

Em tempos de eleições e guerra política, todos sabemos que a mídia institucionalizada tem o poder de (de)formar a opinião pública a favor desse ou daquele candidato, mas  SEMPRE conforme seus próprios interesses e conveniências (veja-se Revista VEJA, Folha de S. Paulo, TV Globo). Notícias que ou são manipulações dos fatos ou que não se sustentam diante de uma análise ligeiramente superficial, como é o  caso da VIOLENTA AGRESSÃO com bolinha de papel (é pra rir?), que o  José Serra teima em dizer que sofreu (??!!). Nesse cenário de mentiras e boataria política o papel da Internet tem sido relevante na divulgação de fatos verdadeiros e comprováveis.

Acredito que quase todo mundo já deve ter recebido propagandas políticas via e-mail. Tenho recebido dezenas, quase todas enviadas por amigos que tentam me convencer que José Serra é o mais preparado e que a Dilma Roussef é "sapatão"; que Dilma deve ser defenestrada porque é a favor do aborto e que com Serra o Brasil é mais "decente"; que o MST invadirá mais no governo da Dilma; que isso e que aquilo. A maioria deleto sem ler, e nem me dou ao trabalho de reenviar por absoluto respeito aos meus amigos.

A exemplo do que ocorreu em eleições passadas, quando Lula era candidato, estamos vendo uma tentativa de endeusar um candidato e satanizar o outro, bastas ver certo jingle que diz  "Serra é do bem. Serra é do bem". .. A idéia que se quer plantar é que, se um é do bem, o outro só pode ser do mal. Mas de que "bem" e de que "mal" eles estão falando? Veja o cartaz abaixo e tire suas conclusões sobre quem fez o Bem para o Brasil.

* A imagem obtive no Blog da minha amiga Suzana Gutierrez.(Veja  AQUI)

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

O Blog, a Escola e as Mudanças

É cada vez maior o interesse  em se criar blogs de escolas. Através deles as escolas abrem um espaço para a interação virtual com a comunidade e  podem apresentar ao mundo o que seus professores estão realizando e o que seus alunos estão aprendendo.

Também é um instrumento que pode gerar um grande retorno pedagógico se o(s) professor(s) blogueiro se dispuser a dedicar algum tempo para isso. Um blog de escola é um espaço de publicação e divulgação das ações e projetos da escola como um todo, por isso TODOS devem ser responsáveis pelo conteúdo das publicações, por sua atualização e manutenção. Temos visto diversos blogs de escolas repousarem exclusivamente nos ombros dos professores de Sala de Informática e depois ficarem abandonados porque o professor saiu da escola ou esqueceu a senha...

É importante que se construam parcerias  entre os diversos setores e profissionais da escola que possibilitem a continuidade do trabalho no blog.  O professor de Português pode ajudar, e muito, na revisão dos textos; o professor de Arte pode contribuir na criação de banners, logomarcas, charges, quadrinhos, ilustrações das postagens etc; outros professores podem apresentar, e devem,  suas pesquisas e projetos para serem postados; o pessoal da cozinha pode divulgar os cardápios, falar de nutrição, dar  receitas; a gestão pode publicar informes... 

E os alunos? Esses, fundamentalmente, devem apresentar aos professores responsáveis pelo blog seus trabalhos (poesia, arte, vídeo, texto etc) que gostariam de ver publicados. Essa é a receita para que um blog de escola seja um blog de sucesso.

São vários os blogs de escolas municipais de Belém que por problemas diversos ficaram inativos e mesmo abandonados. Por isso digo que todos, sem exceção, podem e devem colaborar com o blog da escola, porque  o Blog é a vitrine da escola.  Em torno do blog é possível se criar um movimento  que envolva as equipes técnico-pedagógica, pessoal de apoio, professores e alunos com vistas a melhorar o que se extrai e se produz  no chão da escola.

No próximo dia 05 de novembro estaremos realizando mais uma Oficina de Criação de Blogs Educativos, para os professores de Sala de Informática das escolas de Rede Municipal.

Queremos com mais essa oficina oferecer instrumentos para que as escolas com blogs inativos retomem o caminho das atualizações, e  oportunizar as que ainda não criaram seus blogs a chance de conhecerem e utilizarem um instrumento que pode promover mudanças importantes na ação pedagógica da instituição.

NOTA: Essa postagem é uma cópia da que fiz no dia 22/10, no blog do Núcleo de Informática Educativa-NIED, inclusive com o comentário que recebeu -que se lê abaixo
É buscando transformar o Blog em uma ferramenta de integração, socialização e potencialização das ações da escola que, desde 2007 tenho direcionado minhas oficinas de criação de blogs. O comentário abaixo deixa claro o papel pedagógico e social que o blog de uma escola pode desempenhar.
Blog da Palmira Lins de Carvalhodisse... Caro professor, estou fazendo uma pequena pesquisa sobre as possibilidades da ferramenta educacional da WEB 2.0: BLOG. Como ferramenta de integração da escola unindo todos os seus turnos como uma escola só, una e trabalhando para o sucesso total, ou seja uma escola integrada nos esforços de todos por um e um por todos. Com as ações sendo potencializadas, socializadas e incentivadas através do blog escolar.
Suas ponderações veem ao encontro desse sentimento de novidade para uma escola mais feliz e com maior auto estima expostos nas postagens democráticas dos nossos blog educacionais. Sua postagem é bastante reflexiva nesse sentido e pretendo usa-la. Obrigado.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Curso de Elaboração de Projetos

Li no excelente Blog  Educa Já!, da minha amiga Cybele Meyer, que o Instituto Paramitas está oferecendo um Curso de Elaboração de Projetos gratuitamente. Confira no cartaz abaixo
                           
A Metodologia de Projetos sempre me traz á mente  a imagem de minha querida Profª Léa Fagundes, com quem aprendi sobre projeto de ensino, projeto de aprendizagem, Metodologia de Projetos, durante a Especialização em Informática Educativa, em 1997.

Quando se fala em projetos, muitos professores pensam logo naquela estrutura técnica e acadêmica,  fixa e complicada.  E quando se fala trabalhar a educação por projetos não é reinventar a educação, mas permitir ao aprendiz o prazer de descobrir (ou redescobrir), por si, mesmo as respostas e soluções às questões apresentadas; de trabalhar num ambiente colaborativo de aprendizagem e ampliar o domínio de suas habilidades e competências durante seu proecesso de construção de conhecimento, enquanto possibilita ao professor o enorme benefício de ir à favor do interesse do aluno ao mesmo tempo  que transmite o conteúdo de sua disciplina de forma mais prazerosa e eficiente.

Aqui, no NIED e no NTE de Belém, ministramos no primeiro semestre deste ano, o curso de Elaboração de Projetos (40h) do Proinfo Integrado (MEC), que disponibilizou um rico e farto material pela UFSC, com destaque para as  duas Betes: Beth Almeida e Beth Prado.

Os professores participantes deveriam realizar o PITEC-Projeto Integrado de Tecnologia na Aprendizagem e, embora alguns projetos apresentados ainda estejam em processo de conclusão até o fim do semeste, devemos admitir que apesar das vantagens ainda estamos longe de ver a Metodologia de Projetos ser efetivada em sala de aula.
Saiba quais as VANTAGENS do curso clicando aqui

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

O Blog de Comadre Florzinha

Minha amiga Andréa Cozzi é a Comadre Florzinha, uma educadora e artista tecelã que utiliza  a imaginação como tecido, a voz como agulha e o texto como linha. Ela trama, tece e entretece com a palavra; esculpe, pinta e borda com a imaginação. Ela é uma encantadora de histórias.

Andréa, com seu sorriso ancho, amazônico, e simpatia maior ainda, conta histórias de Boto e  Cobra Norato, de Matinta e  Lobisomem, de Curupira e Caápora, da Mãe D'Água e do Tajá; conta histórias de índio, de negro africano, de caboclo paraense, de matuto amazônida, de ribeirinho.  A danada conta histórias de tudo e mais um. Até que um dia sentiu vontade de contar suas histórias também no mundo virtual e pediu a este blogueiro que lhe ensinasse como criar um blog. Por isso ela diz que sou seu padrinho de blog, o que muito me orgulha.

Primeiro criou o blog do grupo de contadores de histórias da SEMEC, o  Ayvu Rapyta,  depois criou o seu, o Alinhavos de Comadre Florzinha. Graças ao blog Andréa foi convidada para fazer parte de um grupo internacional de contadores de histórias.

Ontem o blog da Comadre Florzinha festejou seu 2º ano contando histórias, histórias que agora correm pelo mundo nos alinhavos da Internet.

Agora o Blog da Andréa está realizando uma promoção para comemorar seu segundo ano de existência, e com essa postagem Este Blog  é Minha Rua vem prestar sua homenagem e desejar muitos anos, muitas postagens e muitas felicidades para a  Comadre Florzinha. Parabéns!!

sábado, 9 de outubro de 2010

Os Números e seu poder nas Eleições

Números! Ah, os números! Eles me encantam. Detestados por uns, adorado por outros e incompreendidos pela maioria. Assim são esses símbolos tão cheios de mistério, de sedução, de poder, sabedoria e magia. 

Todos os números possuem três aspectos: o Positivo, o Negativo e o Destrutivo. Sempre me lembro desse trecho do Apocalipse (13:18): "Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número...". Eis, pois, que os números erguem ou destróem, amedrontam ou encorajam,  guardam ou revelam segredos inimagináveis, realizam ou fazem sonhar, e podem tornar a mentira verdadeira e falsear a verdade. Mas se você tiver sabedoria...

Um dos momentos onde os números mostram sua supremacia absoluta e exercem praticamente todos os itens apresentados acima é, exatamente, durante as campanhas eleitorais. Porém, nesse caso, os números estão na sua frente e ao seu redor... Você só não vê se não quizer. 

Eis alguns números para ilustrar esse texto e, quem sabe, contribuir para que os números do Brasil continuem crescendo positivamente.

* Essa imagem obtive no excelente blog da minha amiga Suzana Guitierrez. (veja AQUI.)

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

O BLOG COMO ELEMENTO DE UNIFICAÇÃO DA ESCOLA

No início de 2008 começamos as oficinas de criação de Blogs Educativos, para os professores das salas de informática das escolas públicas municipais. O interesse dos professores foi grande e em pouco tempo tínhamos mais de 3 dezenas de blogs. 

Lamentavelmente, passados 2 anos, alguns blogs deixaram de existir ou foram excluídos, outros permanecem há muito tempo sem movimentação, sem postagens, sem atualização. Dos 32 blogs de escolas municipais, 14 estão parados há 1 ou 2 anos, e 5  não fazem nenhuma postagem há pelo menos 3 meses.

Sabemos que diversos fatores contribuem para que o blog de uma escola permaneça atualizado, dentre eles destacam-se os recursos  e condições técnicas (situação dos computadores e da internet na escola); os recursos humanos envolvidos no projeto (professores, alunos e colaboradores); a rotina de atendimento do professor de sala de informática, que não disponibiliza um espaço para a atualização dos blogs, e um dos elemento  mais  relevante nesse processo, a falta de colaboração e apoio de professores de sala de aula, e mesmo de alguns gestores. 

No reverso da moeda, há blogs que permanecem numa trajetória ascendente, não somente quanto às postagens, mas também em relação às melhorias e incrementos implementados na página. Para quem ainda não conhece o trabalho e a importância de um blog educativo, recomendo que leiam a postagem do Blog da Escola Palmira Lins de Carvalho, capitaneado pelo Prof. Roberto Cunha e  pela Profª. Elizabeth Santos. Leia abaixo um trecho da postagem.

O BLOG COM O ELEMENTO DE UNIFICAÇÃO DA ESCOLA

O blog também pode promover um novo entrosamento na escola. É um fato frequentemente comprovado que a escola parece ser formada por várias escolas, uma em cada turno, pois é muito comum o professor ao visitar a escola noutro turno se sentir como se estivesse numa outra escola. A comunidade escolar também sente esse impacto ao se dirigir à escola num outro turno para resolver seu assuto. Sente-se que falta algo que una e reuna todos os turnos e a nós parece que esse algo é sem dúvida o Blog.
(Leia na íntegra AQUI)
NOTA: Essa postagem é uma cópia da que fiz no mês passado, no Blog do NIED

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Pior do que tá não fica! Promete?


Tá certo, tá certo! Tiririca é um palhaço (palhaço ou humorista? Gosto mais do termo "palhaço") que agora é deputado - e é o mais votado do país. E, daí?!...

O que isso significa? Sei lá!... 

Para muitos políticos de carreira a candidatura de Tiririca é um escárnio, um deboche; outros críticos atestam que Tiririca foi usado (e foi mesmo) para "puxar" alguns candidatos do seu partido, o PR. Mas, e daí?...

Qual o problema em ter um palhaço na política? Já tivemos deputado índio (lembram do Cacique Jurunas, que andava com um gravador porque não acreditava na palavra dos brancos?), já tivemos um cantor e um costureiro (ou estilista?) famosos, já tivemos (tivemos?) ladrão. E houve uma época em que até um macaco (o macaco Simão) foi muito votado. 

Então, que mal há em termos um palhaço na deputância? O fato é que nossos políticos fizeram-fazem o povo de palhaço há tanto tempo que acho justo ter um político palhaço.

Como palhaço, Tiririca já tinha nossa admiração e respeito,  espero que agora, na Câmara dos Deputados, ele continue nos alegrando, porque esses políticos que  lá estão nos tem dado mais motivos para chorar. Boa sorte, Tiririca!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Brasil, onde "obrigação" virou "direito".

Político brasileiro gosta de dizer que, ao votar, o cidadão está exercendo um direito, e  a mídia do país reforça isso há tanto tempo que o cidadão acaba acreditando que é uma verdade insofismável. Agora me digam: aonde o cidadão que cumpre uma imposição da lei está exercendo um direito? 

Após as eleições, todos, de candidatos a eleitores, falam em "festa da democracia", "sagrado exercício de cidadania", "direito do cidadão" e os cambau. Ou o povo gosta de se iludir ou é um animal poderoso mas acéfalo, temporariamente guiado por uma ou várias cabeças. Aliás, essa segunda metáfora me parece bem apropriada, pois se assemelha a uma das figuras da Geomancia (uma milenar arte divinatória) chamada "Populus", ou povo.  

POPULUS, o Povo, naturalmente a figura que contém o maior número de pontos. Evoca a idéia de multidão e todas as nuanças que esta possa conter. É uma massa difícil de mobilizar e igualmente difícil de controlar. (Obtido em http://sites.google.com/site/pehemaas - Veja o original AQUI)

Mas, na política nacional há uma máxima que prevalece: pra que facilitar se se pode enrolar, né mesmo? E assim vamos para 2º turno para Presidente e, aqui no Pará, para Governador...  E o que ganhamos? Em verdade, nada! A não ser mais barulho nas ruas, na TV e no rádio. Até aí, tudo bem, o pior é  que um processo eleitoral gasta muito dos cofres públicos, e com um 2º turno é mais dinheiro público que vai para o ralo. Sim, caríssimos, poderíamos resolver isso no primeiro turno e economizar milhares de reais.

No Brasil, votar é obrigação, logo nada há ver com direito e democracia, como os espertos impingem há décadas e os tolos acreditam, sem perceber que direito de votar, por exemplo, é como o exercido pelos cidadãos dos EUA, onde o voto não é obrigatório.

Pelo direito real e verdadeiro de votar não porque dizem que devemos; não porque somos obrigados, mas porque, de livre e expontânea vontade, queremos.
No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum